PESQUISA DE IMAGENS

 

Central de Downloads

Encontre em nossa área de downloads vários arquivos e PDF, PPT, WORD, entre outros. Todos os arquivos com relevância para sua pesquisa.

Sessão Retrô

Artigos que contam a históia da pneumologia.

DERRAME PLEURAL

DERRAME PLEURAL

O espaço pleural é preenchido fisiologicamente por mínima quantidade de líquido (menor que 1 ml), cuja função é a de lubrificar as pleuras durante o movimento respiratório. O aumento do volume líquido relaciona-se a processos inflamatórios da cavidade pleural ou de locais próximos, tais como abdômen, mediastino, retroperitônio e região cervical, ou à diminuição da sua absorção, o que geralmente ocorre em neoplasias em virtude do bloqueio dos linfáticos.

Uma radiografia de tórax em posição posteroanterior (PA) geralmente é suficiente para diagnosticar derrames pleurais quando há um volume de líquido superior a 200 ml no espaço pleural. Nesse caso de derrame pleural, observa-se opacificação do seio costofrênico esquerdo (seta amarela), desenhando a uma curva com a forma de uma parábola com a concavidade voltada para cima - curva de Damoiseau (seta vermelha).

*****

Pleural effusion: the pleural space is filled by physiologically minimal amount of liquid (less than 1 ml) to lubricate the pleura during respiration. The increase of the liquid is related to inflammation of the pleural cavity or nearby sites such as the abdomen, mediastinum, retroperitoneum and neck, or decreased absorption, which usually occurs in tumors because of blockage of lymph.

A posteroanterior (PA) chest radiograph is usually sufficient to diagnose pleural effusions when there is a fluid volume greater than 200 ml in the pleural space. In this image of pleural effusion is observed left costophrenic sinus opacification (yellow arrow), drawing the Damoiseau curve (red arrow).


O derrame pleural pode ser identificado mais precocemente na radiografia em perfil, capaz de detectar derrames de volumes menores (cerca de 50 ml).

Há a obliteração do seio costofrênico posterior e desaparecimento da cúpula diafragmática correspondente ao hemitórax em que há o derrame.

Todo derrame pleural que produza uma coluna com altura maior que cinco centímetros no recesso costofrênico posterior da radiografia em perfil (seta branca), deve ser puncionado e analisado, pois o quadro clínico/radiológico isoladamente não é suficiente para a distinção entre os derrames pleurais simples e os complicados ou empiemas.

Pleural effusion can be identified earlier in lateral view, capable of detecting effusion of smaller volumes (about 50 ml).

There is the obliteration of the costophrenic angle and subsequent disappearance of the diaphragm on the same side where there is the fluid.

All pleural which produces a column with a height greater than five centimeters at the posterior costophrenic recess (white arrow) must be punctured and analyzed because the clinical and radiological are not sufficient to distinguish between the uncomplicated pleural effusion and complicated or empyema.



Foi de grande valia no entendimento do resultado de uma raio x em razao de um trauma no tórax. Obrigado pelo artigo.

francisco carlos alves de assis

Santos Dumont - MG - 19/09/2016 12:49
Gostei muito das explicações contidas aqui neste campo,estudei para fazer uma prova de pneumologia,onde me ajudou muito aprender a visualizar os pontos comprometidos. Muito grata.

creusa

Estudante de fisioterapia (3ano)

São josé dos Campos - SP - 28/03/2016 14:54